Biscoitos de Cinnamon Rolls sem glúten


A Páscoa está à porta, e como tal, já ando a testar receitas que melhor se enquadrem para esta época do ano. 

Andava nas minhas pesquisas, quando lembrei de fazer uma espécie de bolos pequenos, que são muito conhecidos na América e que se chamam cinnamon rolls ou rolos de canela como são carinhosamente chamados por cá.

Costumo comer quando vou ao Ikea fazer compras e encontram-se na zona de restauração quando se pede um café ao balcão. 

Mas sempre achei que eram muito doces, demasiado industrializados e com muito glúten na mistura de farinhas.


E por essa razão, meti na cabeça que tinha de fazer uma receita semelhante mas que não levassem ovos, lacticínios ou glúten.

Mas depressa percebi, que ficaram em ponto de biscoito, em vez de ficarem com uma massa mais fôfa e macia. Claro que isso só podia ter acontecido porque esta receita leva apenas farinha de arroz, millet, trigo sarraceno e milho.

Para uma próxima receita, irei utilizar farinha de araruta ou de kamut, já que são igualmente consideradas farinhas sem glúten.




E agora a receitinha ❤

280 g mistura de farinhas (arroz, milho e trigo sarraceno)
180 g farinha de millet
60 ml bebida de amêndoa morna
120 ml água morna
3 colheres de sopa açucar de côco
15 g fermento biológico
1 "ovo" de linhaça para duas colheres de sopa de água morna
45 g margarina vegetal derretida 
1/4 colher chá de flor de sal

Recheio:

50g de açucar de côco
45g de margarina à temperatura ambiente
45g canela em pó

Cobertura:

120 ml bebida de amêndoa
30g margarina vegetal 
3 colheres de sopa amido de milho
1 pau de canela
1 casca de limão
3 colheres açucar de côco




Preparação:

Colocar numa taça de vidro o "ovo" de linhaça mais a bebida de amêndoa e a água morna com o fermento e o açucar de côco. Mexer com uma vara de arames durante uns segundos.


Juntar os restantes ingredientes de seguida e "sovar" a massa com as mãos durante 2 minutos. Deixar descansar dentro da taça em ambiente quente e seco uns 30 minutos ou até dobrar de volume.


Abrir a massa em forma de rectângulo com a ajuda de um rolo de cozinha. Pincelar a massa por cima com a margarina amolecida e juntar a mistura de açucar de côco com canela.


Fazer um rolo a partir de uma ponta da massa até à outra. Cortar em circulos de 2 dedos e deixar a massa levedar por 30 minutos num local seco. Assar em forno pré aquecido a 180º durante 25 minutos.


Colocar num tacho todos os ingredientes para fazer a cobertura e mexer bem com uma vara de arames até ficar em ponto de creme.


Deixar arrefecer os rolos de canela e verter a cobertura por cima com a ajuda de um saco de pasteleiro fazendo pequenos riscos ou com um garfo.

Deliciem-se com um cházinho de tomilho ou lúcia lima.

Bom apetite.

Veguitoque de tofu com batatas e alecrim


Aqui fica uma receita deliciosa com tofu, batatas doce e brancas no forno aromatizadas com alecrim. 

Se há coisa que gosto é fazer receitas no forno onde possa incluir batatas com tofu, seitan ou legumes. 

Costumo dizer que o segredo das receitas vegetarianas é igual a qualquer outro regime alimentar, e está todo nos temperos, nas ervas aromáticas e nas especiarias.

Reparem na côr destas batatinhas?! 

E como ainda tinha um resto de batatas doce decidi inclui-las nesta receita pois são bastante nutritivas e saudáveis.

Podem juntá-las em receitas doces ou salgadas, vai depender do gosto de cada um, eu especialmente aprecio no forno mas também em brownies ou juntar numa massa para fazer cookies.



E agora vamos à receitinha ❤

500g tofu biodharma
5 batatas doce grandes
4 batatas normais
1 tomate
1 cebola roxa
1 pitada de sementes de sésamo 
1 pepino
Sumo de uma laranja
Marinada: tamari (molho de soja), uma pitada de pimentão doce, 4 dentes de alho, um fio de azeite e ervas de provence
Temperos para as batatas: pimentão doce, pitada flor de sal, azeite q.b. e alecrim seco



Preparação:

Corte o tofu em tiras com 1 cm de espessura e coloque num saco de plástico. Faça uma marinada com um fio de tamari, a pitada de pimentão doce, os dentes de alho, o fio de azeite, as ervas de provence e junte ao tofu. Reserve no frigorífico mínimo meia hora ou durante a noite.

Corte as batatas doce e as brancas ao cubos junte numa travessa um pouco de azeite, pimentão doce e alecrim com pitada de flor de sal. Mexa bem com uma colher para que os temperos se possam juntar e largar os seus sabores.

Pré aqueça o forno e coloque a travessa na prateleira do meio a 180º durante uns 30 minutos.

Deite as tiras de tofu num recipiente com o restante molho da marinada e disponha na parte de cima do forno durante uns 10 minutos a 100º. Depois vire as tiras e mais 10 minutos do outro lado.

Junte um pouco de azeite por cima com um pincel para ficarem rosados e coloque mais 5 minutos de cada lado a 170º.

Corte o tomate e o pepino aos bocados para uma taça, tempere com sementes de sésamo, fio de azeite, cebola roxa às tiras, um pouco de flor de sal e sumo de uma laranja. Mexa e reserve.

Junte num prato o tofu com as batatinhas mais a salada fresca e delicie-se com estes sabores maravilhosos.

Bom apetite.

SORTEIO de 1 Cabaz de Páscoa pela Villarrica Gourmet Store - Sabor, alma e côr



Aproxima-se a época de páscoa, e como tal resolvi em parceria com a minha querida Ana Villarrica da Villarrica Gourmet Store fazer um SORTEIO de 1 Cabaz com alguns dos ingredientes mais saborosos da sua loja.

Para participar no concurso é necessário:

1. fazer gosto na página do facebook do sabor alma e côr 
2. fazer gosto na página do facebook da villarrica gourmet store
3. seguir no instagram o sabor, alma e côr;
4. comentar este post no mural do facebook com o seu primeiro e último nome identificando 5 amigos;
5. partilhar este post na sua cronologia do facebook
6. deixar o comentário "a participar no passatempo" no BLOG

O sorteio é válido apenas para Portugal Continental e termina dia 12 de Abril. O vencedor será escolhido aleatoriamente entre os participantes.

Boa Sorte ❤

Queijo vegano de tremoço


Para um bom pequeno almoço, lanche ou ceia que tal um queijo vegano de tremoço?!

Podem acompanhar com tostas integrais ou galettes de arroz que fica uma delícia. 

Na confecção de receitas podem ralar por cima, derreter em pizzas ou fazer uma maionese deliciosa.

Surpreendam-se com novas texturas e sabores. 

Fonte de Inspiração:Blog VegVida da Renata Octaviani



Receita:
1 chávena e meia de água morna
3 colheres de sopa de algas agar agar 
1 colher de sopa de polvilho azedo
1 colher de sobremesa de levedura de cerveja
1/2 chávena de tremoços a Granel sem casca (podem fazer com casca se quiserem)
1 pitada de flor de sal
1 pitada de pimenta preta
umas folhas de salsa e coentros
1 fio de azeite caseiro bem generoso
Umas gotas de sumo de limão
1 pitada de curcuma ou açafrão das índias para dar côr



Preparação:

Num tacho, juntar a água para ferver juntamente com as algas agar agar, o polvilho azedo e a levedura de cerveja. Ir mexendo uns 5 a 10 minutos sem parar até o líquido ficar com uma consistência cremosa como se fosse clara de ovo.

Colocar na bimby este preparado quente e os restantes ingredientes logo de imediato, rectificar os temperos, triturar tudo durante 1 a 2 minutos e deixar arrefecer num recipiente redondo untado com azeite.

Levar ao frigorífico até solidificar mais ou menos uma hora.

Está pronto a servir. Bom apetite.